Ferrari apostará em moda e comida gourmet para aumentar lucro


Marcas tradicionais também podem se adaptar ao mundo moderno e explorar novos segmentos, ainda mais quando o intuito é trazer suas raízes ao alcance de novos clientes. E é com este intuito que a Ferrari está apostando em levar seu nome às passarelas e ao universo gastronômico.

Segundo foi publicado pela Automotive News, a empresa italiana, conhecida por sua equipe de Fórmula 1 e por seus supercarros, lança neste domingo sua marca de grife assinada pelo diretor criativo e ex-estilista Armani Rocco Iannone. Dois dias depois, será reaberto um restaurante na cidade de Maranello, no qual o fundador da marca Enzo Ferrari jantou com amigos e estrelas da F1, e será comandado pelo premiado chef Massimo Bottura.

Em entrevista à Reuters, Nicola Boari, diretor de diversificação de marcas da Ferrari, disse que espera que sua estratégia de extensão de marca seja responsável por 10 por cento de lucros em uma década, e que o objetivo deste projeto é alcançar novos clientes em termos de idade e cultura.

Outras marcas automobilísticas de luxo como a Bentley e Lamborghini, e outras como o Grupo Volkswagen e Fiat também já tiveram suas marcas em peças de roupas. É comum que os entusiastas e fãs de marcas utilizem casacos e jaquetas como da Harley Davidson, por exemplo, marca de motocicletas que há muito se beneficia de uma ampla gama de equipamentos de estilo de vida, com seu merchandising geral respondendo por 5,7% da receita da empresa no ano passado.

Já a parte gastronômica podemos afirmar que a Ferrari pode ter tido inspiração nos grupos de luxo LVMH e Kering’s Gucci, que também lançou seu primeiro restaurante com o chef Bottura em Florença, e o segundo em Beverly Hills, Los Angeles.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram





Source link